Redução do IPI no Brasil faz com que PlayStation 4 seja vendido a menor preço

Entre as diversas falas polêmicas do atual presidente da república Jair Bolsonaro, uma delas vem tido resultado positivo no mercado.

07/09/2019
Redução do IPI - Playstation 4

No dia 15 de agosto, o presidente publicou um decreto no Diário Oficial da União, declarando que os impostos nos produtos industrializados, ou seja, a redução do IPI (caso queira saber mais, é só ler nossa matéria aqui no blog sobre isso).

Ainda que o decreto esteja ainda pra completar duas semanas do seu lançamento, a Sony, fabricante dos famosos PlayStations, já começou a fazer algumas alterações.

Queda nos preços

Diversas versões do PlayStation tiveram seus valores diminuídos devido à essa redução do IPI, desde o modelo mais simples até o mais avançado.

O console mais simples passou a custar cerca de R$2.400,00 (R$ 2.199,99 neste link) tendo uma redução de em média de 200,00 a 300 reais do seu preço anterior. Do lado oposto, o PlaySatation 4 Pro, que possui alta resolução (4k), teve queda semelhante, indo dos antigos R$3.000,00 para cerca de R$2.700,00 (R$ 2.374,00 neste link)

Ainda nos descontos, o PlayStation VR teve queda de aproximadamente 300,00 reais, alcançando a média de R$2.600,00 (encontramos uma oferta MUITO BOA por R$ 1.483,47 neste link). Além disso, o controle DualShock 4 teve uma diminuição um pouco menor, passando de R$259 para R$249 (encontramos por até R$ 223,82)

Entenda porque o PlayStation 4 entrou na onda dos descontos

O decreto feito por Bolsonaro englobava apenas os produtos importados, ou seja, que não possuem a fabricação no Brasil. Como a Sony não fabrica mais o console desde 2017 em terras brasileiras, esses produtos também se encaixam dentro da regra, já que toda demanda daqui é suprida por produtos fabricados lá fora.

Quando os novos preços chegam ao mercado?

Calma, respira, guarda a grana no bolso. Apesar da Sony ter sido rápida para aproveitar a redução dos impostos, o Estadão afirmou que os preços novos só seriam válidos para produtos que fossem faturados (ou seja, feitos), a partir do dia 26/08. Sendo assim, até que os produtos cheguem em lojas de varejo, o consumidor vai ter que segurar a ansiedade.

E aí, o que achou da diminuição dos preços? Conta pra gente!

Nossos Parceiros

Webeats Borssolani Store Planeta Plug Navegando e Aprendendo Desocultando Beleza Mágica Parcamp Impra Empório Hookah Maquiagem Biz

Comentários

comentários